Carta Future 1T22 | A ascensão da Alpargatas à economia circular

Share on linkedin

Deflagrada na última semana de fevereiro, a Guerra na Ucrânia ultrapassa um mês mobilizando a atenção, trazendo receios e provocando preocupações muito além de suas fronteiras. As implicações econômicas deste conflito são motivos de preocupação extra: a pressão inflacionária desponta como o aspecto mais imediato que se destaca.  Preços de energia, transporte e insumos básicos em diversos países já estão sendo afetados em decorrência da complexa teia econômica global.

Neste contexto internacional adverso que encerra o primeiro trimestre do ano, prosseguimos trabalhando para apoiar nossas empresas nos seus desafios e para alocar nosso portfólio, visando preservar o capital e entregar nosso objetivo de retorno de longo prazo.

Aproveitamos também para expandir nosso raciocínio sobre a importância da adoção de um modelo de economia circular no processo de transição para uma economia de baixo carbono e como esse processo se conecta com a realidade de uma das empresas das quais somos sócios, a Alpargatas.

Leia aqui, na íntegra, nossa Carta Trimestral.