Quando deixamos de entender o mundo

Nos últimos anos, a análise da conjuntura econômica tem sido dominada por eventos externos difíceis de compreender, e cuja dinâminca é difícil prever. Diante de um cenário de rápida mutação, e cada vez mais distantes de uma “normalização” econômica, seguimos tentando entender o mundo.

O silêncio que antecede a tempestade?

Apesar da proximidade das eleições e do ambiente global de guerra e aperto monetário, o Brasil teve um primeiro trimestre de relativa tranquilidade. Observamos uma valorização do real, alta do Ibovespa curva de juros mais achatada na parte longa.

Da pandemia à guerra (e de volta à pandemia)

Relatório Econômico Mar22 | Se, antes já era difícil projetar um roteiro econômico de normalização pós-pandemia, agora precisamos fazê-lo levando em conta os efeitos de um outro grande choque. Parte desses efeitos está condicionada à duração da guerra; outra já parece indiferente à duração do conflito.

1st ESG Letter

The objective of our first ESG letter is to report our progress and aspirations related to the ESG agenda and how this connects with Neo Investimentos’ purpose.

1ª Carta ESG Neo

Nosso objetivo é contribuir para um modelo econômico que gere prosperidade hoje sem comprometer o bem-estar de amanhã, principalmente por meio da transição para uma economia mais justa, igualitária e de baixo carbono.

Medindo o tamanho do buraco

Relatório Econômico Nov21 | O teto de gastos como conheciamos está morto? Acreditamos que sim, e que só saberemos o que o substituirá como âncora fiscal após definido o resultado das eleições de 2022.

O Banco Central e o “ônus exorbitante”

Relatório Econômico Out21 | “Privilège exorbitant” é termo que ilustra o benefício dos Estados Unidos por emitirem a moeda global. Nesse Relatório Econômico, em oposição, falaremos do Brasil, que circunstancialmente e por suas peculiaridades, deixa de se beneficiar por uma bonança global.

Brasileiros mergulham no mercado

Dinheiro estacionado em retorno baixo e poupança ainda permite que haja muito espaço para o crescimento do mercado de gestoras de recurso

Persistentemente temporário

Desde o início das restrições de movimentação, a verdadeira surpresa tem sido quanto as distorções têm levado para se normalizar